(44) 99919-8180
(44) 3029-5025

BLOG

Dia Mundial da Saúde Mental e sua importância nas organizações.

VAMOS FALAR SOBRE SAÚDE MENTAL

No dia mundial da saúde mental vamos dar uma pausa e refletir um pouco sobre o assunto.

 

As doenças mentais crescem cada vez mais no país.

 

Não é à toa que o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking mundial quando o assunto é ansiedade.

 

E é o primeiro do mundo em casos de depressão.

 

Sim somos o país mais ansioso do mundo com cerca de mais de 18 milhões de pessoas com algum tipo de transtorno de ansiedade no país.

 

De acordo com o Relatório Mundial da Saúde ;“Saúde mental: nova concepção, nova esperança”, da (OMS), a depressão é a doença mais incapacitante do mundo.

 

Por isso é importante a prevenção e o alerta a todos os funcionários da sua empresa através de conscientização sobre o tema.

 

Promova periodicamente palestras sobre saúde mental na sua empresa e considere a importância da terapia ocupacional no ambiente de trabalho.

Saúde Mental e Ergonomia.

O clima organizacional, pressões, falta de flexibilidade e expediente excessivo podem levar o colaborador a um estado de fadiga e estresse.

 

Vale ressaltar que a Ergonomia Organizacional atua também para a saúde mental do seu funcionário.


Uma vez que pode ser aplicada para contornar problemas comportamentais que normalmente estão associados a exigências, conflitos e competições acirradas no trabalho.

Uma mente saudável é também um dos segredos que condicionam a produtividade das empresas.

 

Crie políticas de incentivo e outras técnicas de endomarketing na gestão de RH da sua empresa.

O diagnóstico psicopatológico só pode ser dado por um médico psicólogo ou psiquiatra.


Os sintomas são diversos e podem até afetar fisicamente a pessoa através de tonturas, calafrios, taquicardia (coração acelerado), dor no peito, dor no estômago, tensão muscular, cansaço, queda de cabelo, alterações do sono, do humor e do apetite.

 

Dentre alguns sinais que indicam que uma pessoa possa estar com alguma psicopatologia, podemos citar:

 

  • Tristeza profunda e desânimo intenso frequentes.
  • Mudança brusca de comportamento.
  • Desânimo.
  • Baixa auto estima.
  • Estresse,
  • Irritabilidade.
  • Insegurança.
  • Preocupação excessiva.
  • Agitação.
  • Medos exagerados.
  • Déficit de Memória.
  • Inquietação.
  • Nervosismo.
  • Dificuldade de concentração.
  • Sofrimento por antecipação.
  • Angústia

 

Caso perceba estes sinais com frequência em uma pessoa da sua equipe comunique as lideranças para que tomem as devidas providências.

 

Quanto mais cedo identificado o problema de saúde mental maiores as chances de reverter esta situação em curto prazo e evitar afastamentos por períodos que afastem o colaborador por mais de 15 dias.

 

No entanto, como sempre, a melhor situação ainda continua sendo a prevenção por isso promova periodicamente palestras sobre o assunto e lembre-se do que falamos no início deste artigo.

Dicas para evitar psicopatologias do trabalho.

Algumas atitudes que você pode fazer para evitar as psicopatologias mais frequentes do trabalho:

 

  • Não cobrar exageradamente o colaborador, principalmente quando os ânimos estiverem alterados.
  • Delegue funções e divida bem o trabalho para que algum colaborador fique sobrecarregado.
  • Comunique-se assertivamente, principalmente durante críticas.
  • Planeje o posto de trabalho considerando a ventilação, o ruído e a iluminação do local.
  • Reconheça, elogie e estimule constantemente o colaborador sempre que for pertinente.

Lembre-se do que mencionamos no início deste artigo; em dois anos a depressão poderá se tornar a maior causa de afastamentos no país.

 

Por isso aproveite o último trimestre do ano e programe ações preventivas contra doenças mentais para o próximo ano na sua empresa