(44) 99919-8180
(44) 3029-5025

BLOG

O preço do sedentarismo

SEDENTARISMO

O sedentarismo é a falta ou ausência de atividades físicas, resultando em um gasto calórico reduzido.

Uma pessoa é considerada sedentária quando não consegue gastar o mínimo de 2.200 calorias por semana com atividades físicas. O indivíduo ativo deve gastar no minimo 300 calorias por dia.

O sedentarismo possui alta incidência na população, sendo considerado um problema de saúde pública.

Acredita-se que 46% da população brasileira seja sedentária. Ainda, estima-se que o sedentarismo esteja relacionado com quase 14% das mortes no Brasil.

Impressionantes 53,8 bilhões de dólares foram torrados no mundo em 2013 para lidar com as consequências à saúde da falta de movimentação. “É uma conta cara, que foi paga pelos setores público e privado e também por cada um de nós”, afirma a epidemiologista Melody Ding, autora do estudo.

Tem mais: outros 13,7 bilhões de dólares escorreram pelo ralo por causa da perda de produtividade associada a mortes precoces provocadas pelo sedentarismo. E olha que esses cálculos são conservadores, porque os cientistas mediram o impacto financeiro da inércia em só cinco doenças — há evidências de que 22 males têm ligação com ela. Confira abaixo alguns dos resultados dessa pesquisa:

Existem várias causas para o sedentarismo, sendo a principal delas a falta de atividades físicas e de uma alimentação saudável.

Algumas atividades do atual modo de vida das pessoas favorecem o sedentarismo, por exemplo:

  • Fazer uso de carro mesmo em pequenos trajetos;
  • Utilizar escadas rolantes;
  • Rotina tomada por diversas atividades;
  • Deixar de realizar algumas atividades domésticas;
  • Consumo exagerado de alimentos industrializados;
  • Passar várias horas utilizando o computador ou em frente a TV.

Consequências

As consequências do sedentarismo são:

  • Perda de força física;
  • Atrofia muscular;
  • Surgimento de doenças: diabetes tipo 2, hipertensão arterial e infarto do miocárdio;
  • Acúmulo de gordura;
  • Em alguns casos mais graves pode até levar à morte súbita.

 

Fonte: Toda materia / ABQV / Saúde Abril

 

Clique aqui e conheça os serviços da Labore Saúde Ocupacional

Clique aqui para conhecer melhor a Labore Saúde Ocupacional, referência em Medicina e Segurança do Trabalho de Maringá – PR.

Clique aqui para entrar em contato conosco