(44) 99919-8180
(44) 3029-5025

BLOG

Transtornos Mentais relacionados ao trabalho

JANEIRO BRANCO

Os transtornos mentais relacionados ao trabalho estão cada vez mais presentes na vida dos trabalhadores brasileiros. A exposição ao assédio moral e sexual, jornadas exaustivas, atividades estressantes, eventos traumáticos, discriminação, perseguição da chefia e metas abusivas no ambiente de trabalho são as principais causas do início da patologia. Estabelecer programas de prevenção e identificar o nexo causal entre a doença e o trabalho são os principais desafios do Comitê Gestor do Programa Trabalho Seguro da Justiça do Trabalho, que focará suas atividades no tema pelos próximos dois anos.

O afastamento por transtornos mentais superior a 15 dias ocupa o terceiro lugar na lista de pagamento por benefícios da Previdência Social. E aqueles que não se ausentaram do trabalho? Que continuam trabalhando mesmo afetados?

Entre os tipos de transtornos mais frequentes, estão a ansiedade, o stress pós-traumático e a depressão. Outros exemplos comuns de adoecimento mental ou psicológico são o TOC (transtorno obsessivo compulsivo), o transtorno bipolar, a síndrome de burn out, causada pelo esgotamento físico e mental, e a síndrome do anancástico, que é a mania de perfeição.

O estresse pode ser causado pela ansiedade e pela depressão devido à mudança brusca no estilo de vida e a exposição a um determinado ambiente, que leva a pessoa a sentir um determinado tipo de angústia. Quando os sintomas de estresse persistem por um longo intervalo de tempo, pode ocorrer liberação de mediadores químicos no organismo que, a longo prazo, causam doenças físicas, especialmente cardiovasculares.

No início, os sintomas incluem dificuldade para dormir, a pessoa acorda mais cedo do que de costume, se torna ríspida com os colegas e o chefe. A dor de cabeça também está entre as queixas mais constantes. Tais sintomas são confundidos frequentemente com enfermidades físicas. Dores, formigamento, aperto no peito, mal estar e desânimo podem ser sintomas de depressão, ansiedade ou estresse. A maioria das pessoas não percebe que está doente. Problemas relacionados à organização do trabalho e às condições de vida são grandes motivos para iniciar umas destas doenças.

A Síndrome de Burnout é classificada pela necessidade do trabalhador dedicar-se à atividade profissional, que no entanto não é reconhecida pelas partes competentes. Muitas das vezes confundida com rancor ou raiva, a síndrome de Bournot é mais uma enfermidade mental e tem aspecto evolutivo, podendo implicar em outras doenças, como a própria depressão.

Profissionais ligados à área de vendas, bancos e telemarketing são os mais atingidos, e a crise econômica pode contribuir para o agravamento da situação. “As pessoas têm medo de perder o emprego e se sujeitam as situações de stress ou de assédio,” ressalta. Ainda segundo o desembargador, as empresas precisam ser alertadas para tentar identificar o problema e investir em prevenção.

 

Preocupação mundial
O estresse no trabalho também foi o tema adotado pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) em 2016. Dados de relatório emitido em 2013 destacam que o stress relacionado com o trabalho e suas consequências são extremamente preocupantes. Os estudos revelaram relações entre o stress e doenças musculoesquelética, cardíacas e do sistema digestivo, entre outras.

Os riscos psicossociais também preocupam 80% das empresas europeias.

Trabalho interno com os juízes
Outro trabalho do Comitê Gestor do Programa Trabalho Seguro ao longo deste ano é propor a adoção do tema para a Enamat (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho). A ideia é conscientizar e trabalhar a formação dos magistrados no julgamento destes casos.

Trabalho nas empresas:

Muitas empresas estão investindo cada vez mais em programas de qualidade de vida e bem-estar a fim de proporcionar melhor desempenho e maior produtividade. Consiste em educar os funcionários a respeito de riscos de saúde através de palestras motivacionais.

Fonte: Revista Cipa  , Rh Portal

Neste mês, estamos em “Janeiro Branco”,  uma campanha dedicada a colocar os temas da Saúde Mental em máxima evidência no mundo em nome da prevenção ao adoecimento emocional da humanidade.

JANEIRO BRANCO

 

 

Clique aqui e conheça os serviços da Labore Saúde Ocupacional

Clique aqui para conhecer melhor a Labore Saúde Ocupacional, referência em Medicina e Segurança do Trabalho de Maringá – PR.

Clique aqui para entrar em contato conosco