5 motivos para investir na Ergonomia

Postado em 19 de setembro de 2017

No último post falamos sobre como aumentar a produtividade da empresa, investindo na saúde dos trabalhadores, isto é, implantar ergonomia para proporcionar um melhor desempenho de funções.

A ergonomia tem como objetivo e benefício preservar a segurança e a saúde dos trabalhadores, ela consiste na adequação das condições de trabalho, visando ao alcance de maneiras eficazes e seguras para que o trabalho seja desempenhado.

Hoje vou mostrar para vocês, 5 motivos que valem a pena investir na Ergonomia:

 

Redução do Cansaço
Quando a ergonomia é aplicada corretamente no ambiente de trabalho, isto é, quando é feita uma avaliação e intervenção adequada, os resultados são eficazes, um destes resultados é a redução do cansaço.

Quando o ambiente de trabalho não é favorável ao bem-estar ele provoca estresse, dores musculares e, portanto, promove o cansaço e a fadiga muito facilmente. Por outro lado, se através da ergonomia, forem detectados elementos a ser corrigidos, o trabalhador passa a desenvolver seu trabalho com mais conforto.

Por exemplo, ao manusear uma ferramenta estando em uma posição inadequada, com os braços muito abertos ou levantados, o cansaço com certeza será mais rápido, já se for detectado este problema e o trabalhador for orientado sobre a forma adequada de manusear a ferramenta, seu braço ficará em uma posição correta e evitará o cansaço precoce.

Investir na ergonomia, portanto, aumenta a eficiência do trabalho, já que a redução do cansaço possibilita a execução da tarefa mais rapidamente e com menos esforço.

 

Redução de Desligamentos
Muitas empresas têm um alto índice de rotatividade e isto afeta o reconhecimento do público e afasta bons recursos humanos. O que muitos gestores não sabem é que o problema que desencadeia o alto índice de demissão pode ser a falta de segurança e saúde no trabalho.

A falta de motivação reduz a eficiência no trabalho, aumenta as faltas e os erros – tudo isso é motivo para demissão. Além disso, os próprios funcionários que não sentem bem-estar no trabalho e acabam se demitindo. E, ainda pior, a falta de segurança no trabalho ocasiona em acidentes e problemas de saúde, que também são motivos de afastamento e rotatividade.

Tudo isso pode ser evitado ao investir na ergonomia, pois aumenta a motivação, o bem-estar e claro, a preservação da segurança e saúde no trabalho, ou seja, os motivos de desligamento são reduzidos.

 

Aumento da Produtividade
Este é o motivo mais evidente e provavelmente, o mais esperado pelos gestores quando decidem investir na ergonomia. Toda empresa visa ao aumento da produtividade e sempre avalia alternativas para fazer isso acontecer.

A ergonomia é uma excelente forma de tornar o ambiente de trabalho mais satisfatório e origem de bem-estar ao funcionário. Vale enfatizar que a satisfação é um atributo necessário para que haja produtividade, está comprovado que funcionários insatisfeitos não se dedicam totalmente ao trabalho, perdem concentração, atenção e comprometimento com a empresa.

Dessa forma, é preciso evitar elementos que causem insatisfação e promover condições que aumentem a satisfação, ou seja, estas condições são melhoradas através da ergonomia.

 

Redução de Custos
Investir na ergonomia pode parecer para muitos gestores um desembolso grande ao contratar ergonomista, ao substituir mobílias, contratar palestrantes, etc. Porém, estes custos são realmente investimentos para um bem maior.

Muitas empresas despendem muito recurso financeiro com desperdícios de matéria-prima. Quando não há segurança no trabalho, o funcionário não se sente bem e consequentemente, ocasiona em desperdício de materiais decorrente de erros frequentes e de falta de comprometimento com os recursos da empresa.

Além disso, com a ergonomia, a empresa economiza ao reduzir custos com desligamento e com gastos de provimentos de saúde ao trabalhador.

 

Benefícios ao Trabalhador
Além dos motivos que beneficiam a empresa, investir na ergonomia beneficia também o próprio colaborador nos aspectos de saúde, segurança e psicossociais. Verifique abaixo alguns destes benefícios:
Qualidade de vida dentro e fora do trabalho;
Preservação da saúde, evitando estresse e outras doenças ocupacionais;
Satisfação, melhorando a sensação de bem-estar;
Prevenção de acidente, oferecendo segurança ao trabalhador;
Relacionamento com colegas, proporcionando novas amizades, ou seja, um benefício social.

Fonte: www.blogsegurancadotrabalho.com.br

 

 

Clique aqui e conheça os serviços da Labore Saúde Ocupacional

Clique aqui para conhecer melhor a Labore Saúde Ocupacional, referência em Medicina e Segurança do Trabalho de Maringá – PR.

Clique aqui para entrar em contato conosco